terça-feira, 28 de novembro de 2006

Quando há chance de recuperar o que foi perdido

duvida.gifMeu pai esqueceu o casaco no banco de ônibus durante uma viagem. O ônibus não chegava àqueles que os passageiros levam galinha de acompanhante, mas ainda assim era um daqueles bem toscos para uma viagem de 2 horas e meia. Não tinha ar-condicionado, nem banheiro. Boa parte dos passageiros eram pessoas simples, moradores do subúrbio da cidade e  zona rural.
Eu já dava o casaco por perdido, mas para minha surpresa, entrando em contato com a empresa, o casaco foi devolvido sem nada ser pedido em troca.

Imediatamente lembrei de um amigo meu, que ao retornar de um curso de especialização em Medicina nos Estados Unidos, no vôo Los Angeles-São Paulo pela Japan Airlines, repleto da grão-finagem, esqueceu o casaco no banheiro.  Ao perceber o esquecimento, retornou ao banheiro cinco minutos depois, e voltou de mãos abanando.

Contando o episódio para mim, ele declarou: "estou agora no meu país!"

Um comentário:

  1. Coisa boa, ainda há pessoas honesta, isso é muito bom.
    Bjinho

    ResponderExcluir